Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/dunnas/public_html/adm/conecta.php:7) in /home/dunnas/public_html/site_funcoes.php on line 11

Contra infecção hospitalar

Inspeção começou terça-feira, dia 6 de fevereiro e será concluída até o final do mês...

Contra infecção hospitalar

A Portaria 2.616/1998, do Ministério da Saúde, preconiza que deve ser realizada inspeção anual nos serviços hospitalares, supervisionando normas e rotinas, objetivando prevenir e ampliar o controle de infecções hospitalares. Também está previsto treinamento continuado (cursos treinamentos e palestras) para todos servidores.

No Hospital Maternidade Almeida Castro, que é administrado pela Associação de Proteção a Maternidade e a Infância de Mossoró (APAMIM), a inspeção interna começou terça-feira, dia 6 de fevereiro, devendo ser concluído os trabalhos com entrega de relatórios até o final do mês.

O trabalho está sendo feito pelas enfermeiras Flávia Maria de Oliveira e Miliane Tamires, respectivamente coordenadoras do Núcleo de Segurança do Paciente e da Comissão de Controle Hospitalar do Hospital Maternidade Almeida Castro.

Flávia Maria de Oliveira explica que o trabalho visa, no geral, a segurança do paciente, não só relacionado à questão e infecção hospitalar, mas também trabalhar com os servidores a questão estrutural para evitar quedas e também administração correta de medicamentos.

Para aumentar a segurança do paciente no Hospital Maternidade Almeida Castro, Miliane Tamires acrescenta que já existe um programa de capacitação continuada no Hospital Maternidade Almeida Castro, com alcance a todos os servidores.

Ao final do trabalho serão confeccionado relatórios apontando o quadro geral das inspeções e entregue a coordenação geral do hospital, que tem a frente os interventores Larizza Queiroz, Ivanise Feitosa e Benedito Viana, para que providências sejam adotadas, se necessário for.

Para Larizza Queiroz, o procedimento é uma exigência do Ministério da Saúde para todas as unidades hospitalares do País. “É uma norma importante que ajuda no trabalho preventivo, no sentido de aumentar a segurança do paciente no contexto geral”, conclui. 

Anterior Próximo