Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/dunnas/public_html/adm/conecta.php:7) in /home/dunnas/public_html/site_funcoes.php on line 11

Parceria com a FVJ para estágios

Diretores da FVJ conhecem a estrutura da Maternidade Almeida Castro...

Parceria com a FVJ para estágios

O Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC), que é administrada pela Associação de Assistência e Proteção a Maternidade e a Infância de Mossoró (APAMIM), está em fase de conclusão parceria com a Faculdade Vale do Jaguaribe (FVJ) para estágios nas áreas de Fisioterapia, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Nutrição e Farmácia.

Com este objetivo, o diretor geral da FVJ, professor Antônio Henrique Antero, o coordenador Geral de Pós graduação e Extenção, Gustavo Henrique Barreto de Sousa; o coordenador Núcleo de Projetos e Marketing, Garcia Junior; a professoras Jahilse Fidélis e a Procuradora Institucional Angélica Rodrigues, se reuniram com os interventores da APAMIM, Larizza Queiroz, Ivanise Feitosa e Benedito Viana, para consolidar a parceria entre as duas instituições.

Além dos interventores estavam presentes a reunião com os diretores da FVJ a enfermeira Milianne Tamyres de Oliveira, coordenadora do Núcleo de Educação Permamente e Saúde; a advogada Marina Gurgel, da equipe de Assessoria Jurídica; a enfermeira Nikeline Monteiro, da coordenação hospitalar, além do jornalista Cézar Alves, da Assessoria de Comunicação da HMAC. Cada um com uma missão específica para consolidar o convênio. 

A HMAC está desde outubro de 2014 passando por um processo de restauração física, de equipamentos, de recursos humanos e fiscal, pela equipe de interventores nomeados pela Justiça Federal, em decisão proferida em processo movido pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), com parecer positivo do Ministério Público Federal, Estadual e do Trabalho. O objetivo da intervenção é exatamente fazer a restauração geral dos serviços do HMAC e devolvê-lo a sociedade.

Após a reunião, os diretores da FVJ conheceram as instalações da maternidade que já foram restauradas e também as que estão sendo restruturadas (prédio e equipamentos). As equipes de obras estão trabalhando atualmente na recuperação das calçadas, frente e pintura do prédio. Concluiu há poucos dias a substituição completa do texto de toda a maternidade, que estava complemente comprometido em função da ação de cupins e a deteriorização natural da cobertura.

“Inacreditável. Simplesmente extraordinário”, diz o professor Fernando Antero, da FVJ, ao conhecer os 17 leitos de UTI neonatal, os 31 leitos intermediários (Berçário - 13 e Canguru - 18). "É um atendimento humano, carinhoso com as famílias no momento de nascimento, que é um momento mágico". diz.

Diretores e professores da FVJ também conheceram a Casa da Mãe Curuja, o Centro Cirurgico, a UTI adulto, o Laboratório, o novo Centro Obstétrico, a Nutrição, a Farmácia Central, a Lavanderia, a Esterilização e as Clínicas, areas que também pleiteam campos de estágios para seus alunos.

“O que garante o atendimento com segurança das pacientes com gravidez de alto risco  é ter a equipe completa, o espaço físico e equipamentos adequados”, explica a coordenadora da intervenção, Larizza Queiroz. O diretor da FVJ, Antônio Antero, disse que procura campo de estágio no tamanho, estrutura e quantidade adequada para que as aulas sejam ministradas pelos preceptores de forma armoniosa e produtiva. 

Os interventores explicaram também que quando assumiram o controle da instituição em 2014, a maternidade estava fechada. Médicos estavam em greve, servidores com salários atrasados, estrutura física deteriorada e equipamentos obsoletos. Atualmente são mais de 170 leitos instalados e funcionando bem, ao mesmo tempo que são realizadas as obras de estruturação do prédio, a substituição dos equipamentos e recuperação fiscal da instituição.

Os interventores informaram ainda que são realizados média de 17,3 partos/dia. Em 2017 foram 6.283 partos, sendo que 25% deste total nasceram com baixo peso ou prematuro. A Maternidade Almeida Castro é referência para partos de alto risco em todo o Oeste do RN, atendendo também municípios da Paraíba (CE) e do Ceará (CE).

A FVJ tem campus instalado em Mossoró e a objetivo da parceria com a Maternidade Almeida Castro é ter um ótimo campo de estágio para seus alunos de Enfermagem, Nutrição, Farmácia, Serviço Social, Piscologia e Fisioterapia. "Buscamos o fortalecimento da FVJ com parcerias sólidas, como estamos propondo com os coordenadores da intervenção na APAMIM", destaca o diretor geral Antônio Antero.

O convênio está sendo elaborado conforme foi conversado entre as partes e deve ser assinado nos próximos dias.

Anterior Próximo