Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/dunnas/public_html/adm/conecta.php:7) in /home/dunnas/public_html/site_funcoes.php on line 11

História

Conheça um pouco de nossa história...

Da fundação aos dias atuais


O Hospital Maternidade Almeida Castro foi oficialmente inaugurado no dia 16 de outubro de 1947. Os primeiros diretores foram os médicos João Marcelino e Maltez Fernandes, conforme registro do Jornal Centenário O Mossoroense, com data de outubro de 2004.

A instituição é mantida atualmente com recursos do SUS, através de convênios firmados pela Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM), com Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Prefeitura Municipal de Mossoró/RN.

Os seus 70 anos de história está sendo comemorado com reestruturação física e financeira da instituição, sob a coordenação dos interventores Larizza Queiroz, Benedito Viana e Ivanise Feitosa, designados para este fim pela Justiça Federal há três anos.

O trabalho de restruturação começou em outubro de 2014, quando a Justiça Federal decretou a intervenção na APAMIM, atendendo pleito do Conselho Regional de Medicina (CRM), alegando, entre outras razões, a falta de estrutura para o pleno atendimento à população.

O pedido do CRM foi subscrito pelos promotores do Ministério Público Federal, Estadual e do Trabalho, após operação na sede da instituição que comprovou desvios de recursos federais e estaduais, assim com atraso no pagamento de servidores da unidade de saúde.

Neste dia 1º de novembro de 2017, o Hospital Maternidade Almeida Castro ganhou uma nova estrutura de obstetrícia, com equipamentos novos e dentro dos padrões exigidos por lei. Reestruturação do Centro Obstétrico está entre os maiores desafios dos interventores.

Já com quase 200 leitos em atividade, a Maternidade Almeida Castro atende atualmente a uma população de quase 1 milhão de habitantes de 64 cidades do Rio Grande do Norte, assim como do Vale do Jaguaribe e Liberal do Ceará, e também do Alto Sertão da Paraíba.

Nos primeiros 10 meses de 2017, a Maternidade Almeida Castro, apesar do andamento das obras de reconstruçãodo Centro Obstétrico, realizou 5.228 partos, sendo 814 prematuros e 587 com baixo peso, que só tiveram chances de ganhar peso e crescer com saúde graças a estrutura já instalada.

 

 

* 20 leitos de UTI neonatal, sendo que 17 ativos

* 13 leitos de UCINCo - Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional

* 18 leitos de UCINCa - Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru

* 08 leitos de UTI adulto

* 74 leitos de alojamento para recuperação pós-parto

* 20 leitos na Casa da Mãe Coruja.

* 78% é a taxa/média de ocupação.

* 800 refeições/média ao dia na Nutrição

 

Exames

* Laboratório moderno completo

* Raio X fixo e móvel

* Ultrassom

* Lavanderia

* Esterilização

* Entre outros serviços.

Próximo passo dos interventores é pintar reformar a parte externa do Hospital Maternidade Almeida Castro. Este trabalho deve ser concluído logo no primeiro trimestre de 2018.

 

QUEM FOI ALMEIDA CASTRO

O médico Francisco Pinheiro de Almeida Castro se formou em Medicina no Estado do Rio de Janeiro em 1880. Ele havia nascido no  dia 28 de agosto de 1858, em Maranguape, no Estado do Ceará. Em Mossoró, também atuou como jornalista ao lado de João da        Escóssia, de 1920 a 1922, no Jornal O Mossoroense. Também foi um político habilidoso, tendo sido presidente da Câmara Municipal  de Mossoró de 1890 a 1892.Também foi deputado federal. Médico humanista, Almeida Castro faleceu aos 64 anos em 22 de julho de  1922.